Descarte de entulhos

entulhos

O descarte de entulhos de obras é um assunto que precisa ser levado a sério. Afinal, todas as ações humanas geram impactos no meio ambiente. Por isso obras de reformas ou construções não são exceção.

Segundo a Associação Brasileira para Reciclagem de Resíduos de Construção Civil e Demolição, 60% dos descartes em cidades saem de construções e 70% dessa porcentagem poderia ser reutilizada ou reciclada.

O serviço de recebimento de entulhos geralmente é feito pela prefeitura ou por empresas licenciadas.
As informações sobre procedimentos também estão disponíveis no site da Prefeitura ou pelo telefone do órgão responsável.
Em São Paulo existem os Ecopontos, ou seja, pontos de entrega de entulhos e outros materiais de demolição. Vale lembrar que esse serviço é gratuito.

O descarte desses entulhos deve ser separado de acordo com o tipo de material.
Materiais recicláveis ou reutilizáveis, como tijolos, telhas e metais precisam ser separados de resíduos de descarte especial, como tintas, solventes, amianto e drywall.
Esses materiais especiais devem ser retirados e descartados com cuidado para que não exista risco de contaminação.

Além de gerar acúmulo de poluentes no meio ambiente, gerando transtornos, o descarte inadequado de entulhos é passível de multa.
Em São Paulo, o valor cobrado atualmente é de 15 mil reais, porém pode dobrar em caso de reincidência.

Aqui na Contraste, nós sempre prezamos por parceiros com garantia do descarte correto de entulho.

Deixe uma resposta