Tô em Obra e Agora? Sistemas e Acabamentos

Passo-a-Passo de uma Reforma

Passos 3 e 4 – Instalações e Acabamentos

obra: sistemas e acabamentos

No post anterior (você pode ver ele aqui) falamos dos primeiros passos para executar um obra organizada, com tranquilidade e sem dor de cabeça. Agora vamos falar dos últimos passos pra finalizar essa reforma. Afinal, nossa reforma está quase no final e nosso projeto agora começa a ganhar forma.

Depois de tudo arrumado e limpo está na hora de começar o trabalho.O ideal na obra é começar pela execução das instalações. Para que a reforma não tenha erros, precisamos entender do que uma casa é feita e o porque da ordem de execução das etapas.

O que são as instalações de um imóvel?

instalações de uma obra

Imagine que a sua casa é corpo humano, onde a estrutura (vigas e pilares) seriam os ossos, ou seja, o que deixa a casa em pé.
A alvenaria se assemelha aos músculos, pois também possuem a função de estabilizar.
As instalações são como nossos órgãos internos, é o que faz tudo funcionar. Por exemplo, as instalações elétricas e de automação são como o sistema nervoso. Ele envia comandos para tudo funcionar (ligar a luz, eletrodomésticos, persianas automáticas, ar condicionado).

As instalações hidráulicas podem ser associadas ao sistema urinário. Onde a água vem por uma via central de alimentação (caixa d’água ou água da rua), segue um caminho pelos tubos até sair nas torneiras ou ser direcionada para o esgoto.

Por fim, o maior órgão do corpo, o responsável pela sua aparência, a pele. Podemos associá-la aos acabamentos, como pintura, piso, azulejo, rodapé, forro, moldura. Os acabamentos são nosso último passo da nossa reforma.

Por que começar pelas instalações numa obra?

É simples! Precisamos começar pelas instalações para ter eficiência na sua obra.
Afinal não queremos ter nenhum tipo de retrabalho. Por exemplo, você já está revestindo sua parede e esqueceu de passar um conduíte e por isso você precisará rasgar a parede novamente. Que chato, não?

Depois de se certificar que todas as instalações estão em seus devidos lugares, é hora de preparar os pisos e paredes para os acabamentos. Também vamos executar os preenchimentos dos rasgos que foram feitos.
Para receber os acabamentos, temos que preparar a parede com chapisco e reboco e regularizar os pisos.

Feito isso, chegamos na parte mais divertida da nossa obra, os acabamentos. Também estamos a um passo de terminar.
Está na hora de instalar todos os revestimentos, interruptores, luminárias, portas e janelas.

Por onde devo começar a instalação dos acabamentos?

obra: instalação de piso

O ideal é iniciar essa última etapa pelas paredes e teto. É essencial se certificar que o nivelamento das paredes, do teto e do piso está o mais certo possível.
Após a instalação das esquadrias e caixilhos, as paredes estão prontas pra receber gesso ou massa corrida ou acrílica.  

Forro e Iluminação

Se você optou pela colocação de forro, bora lá! Se prepare porque vai fazer uma tremenda sujeira.

Existem diversos tipo de forros, como por exemplo, gesso, drywall, PVC, forro mineral e ripas de madeira. Os forros devem ser instalados somente após finalização dos processos de acabamento e pintura das paredes e do teto. Também precisam esperar a fixação dos caixilhos e vidros – os caixilhos são essenciais pois alguns batentes interferem nas altura do forro.
Tenha o projeto de iluminação/elétrica em mãos e preste atenção nos pontos de luz, pois eles irão definir onde será necessário deixar passagens para a fiação.

Bancadas e Pedras

As bancadas são o próximo passo da nossa reforma. Elas devem ser fixadas antes da instalação do piso.

Fique atento, pois antes de receber as bancadas para instalação, é necessário fazer uma medição conferindo as medidas do projeto e as medidas reais em obra. Caso necessário é possível solicitar uma revisão no tamanho das pedras compradas.

Pisos e Azulejos

Agora podemos partir para a colocação dos piso e azulejos.
Lembrando que o nível, os caimentos para os ralos e os desníveis entre ambientes secos e molhados devem estar prontos.
Os desníveis devem ter sido feitos na massa de regularização, pois a argamassa serve somente como cola e não para definir níveis.

Depois do piso colocado vem o rejunte. Não esqueça de limpar as sobras de rejunte que ficaram em cima das peças, pois se passar muito tempo, a retirada só será possível com produtos mais abrasivos e pode agredir a peça.

Cada piso/azulejo exige um tipo de rejunte diferente, fique atento.

Finalização da Obra

Agora chegou a hora mais divertida e falta muuuuito pouco. Vamos começar com a pintura final, marcenaria, acessórios e acabamentos.

Após a finalização da pintura podemos começar a instalação da marcenaria. Certifique-se de que a medição final foi feita. Só assim evitaremos erros e o risco dos móveis não “servirem”.

Muito cuidado também para não danificar a pintura e/ou o piso. Os acessórios a acabamentos são a última fase de qualquer obra ou reforma, pois são muito delicados.

Instalado tudo isso, nossa reforma chega ao fim e é hora da limpeza.
Agora é só curtir o espaço novinho em folha!!

Nós podemos te ajudar a resolver os problemas de obra. Somos especialista em gerenciamento e acompanhamento de obra. Quer conhecer mais nosso trabalho? Acesse nossas redes sociais!

Deixe uma resposta